O diálogo nos “fundamentos” do educativo: sentidos de uma Filosofia da Educação

Maria Betânia do Nascimento Santiago

Resumo


O texto aborda a problemática do significado uma Filosofia da Educação, buscando caracterizar esse campo de conhecimento. Reconhecendo o diálogo como à educação e à filosofia, a reflexão proposta assume essa categoria como fundamental aos pressupostos de uma filosofia educacional. Assumindo os pressupostos da filosofia de Martin Buber o diálogo é aqui reconhecido como modo de ser do humano e da formação; como caminho vivencial do aprendizado no mundo, que envolve o movimento do pensar em sua dimensão existencial. Ao assinalar tal nuance da condição humana e da filosofia, a reflexão coloca em pauta questões fundamentais à Filosofia da Educação.


Palavras-chave


diálogo, formação, Martin Buber, filosofia da educação